Quinta-feira, 17 de Maio de 2007

Higiene Pessoal

    A higiene é o conjunto de meios para manter as condições favoráveis à saúde.

Os hábitos de higiene diários incluem não só a lavagem corporal mas também o tipo de alimentação, vestuário e calçado, a postura no dia-a-dia, as horas de sono diárias e a prática de exercício físico.

 

Higiene corporal

 

A lavagem corporal tem como finalidade limpar a pele, cabelos, unhas, boca e dentes, eliminando poeiras, secreções, micróbios e maus odores, prevenindo doenças.

A protecção do corpo e a manutenção da saúde individual é também assegurada através do vestuário e do calçado, pois são eles que protegem o organismo contra as variações de temperatura, radiações solares e outros factores agressivos ao meio. O vestuário e o calçado devem ser confortáveis, permitir a boa postura e devem estar sempre limpos, principalmente as peças que contactam directamente como a pele, como, por exemplo as cuecas e as meias.

 

 

Higiene dentária

 

Depois de cada refeição há resíduos alimentares que ficam nos dentes se estes não forem escovados com regularidade, acumulando-se e atraindo micróbios que se transformam em ácido.

Esse ácido “ataca” o esmalte dos dentes provocando as cáries. Quando a cárie se aprofunda provocando abscessos dentários, dores de cabeça, enxaquecas, problemas no funcionamento dos pulmões, coração, fígado, rins, sistema nervoso, coluna vertebral, etc.

É essencial escovar os dentes após cada refeição e visitar regularmente o dentista para prevenir as cáries.

 

Como escovar?

 

1.    Inicie a escovagem pelos molares (dentes de trás), escove um maxilar de cada vez com movimentos verticais circulares;

2.    Usando a mesma técnica, escove a superfície interna dos dentes;

3.    Escove os incisivos (dentes da frente) colocando a escova na vertical;

4.    Termine com a escovagem das superfícies mastigatórias dos dentes, com movimentos de vai-e-vem.

5.    Não se esqueça de escovar a língua.

 

É aconselhável que escove os dentes duas a três vezes por dia, durante pelo menos 2 minutos. No intervalo entre os dentes limpe com fio dental.

Higiene genital

Feminina

   Devemos saber que a zona genital feminina deve ser tratada com produtos naturais, e nunca devemos deixar de limpar e tratar a zona genital.

Eis algumas recomendações:

  • Use sempre sabonetes neutros.
  • Nunca use desodorizantes de outras pessoas que toquem no corpo.
  • Mantenha os pelos púbicos cortados.
  • Após ter urinado, limpe a vulva encostando o papel higiénico, sem fazer movimentos bruscos, para evitar que o papel se rasgue e deixe pequenos pedaços; nunca passe o papel higiénico de trás para a frente pois poderá contaminar a vagina com bactérias que habitam normalmente a região perianal.
  • No banho, procure afastar os lábios vaginais para limpar os restos de líquidos que restam em redor da vagina.
  • Não é necessário lavar dentro da vagina.
  • Evite o uso habitual de pensos higiénicos fora do período menstrual.
  • Durante a menstruação troque o penso ou tampão com frequência.
  • De preferência use roupas íntimas de tecido natural como o algodão. As cuecas de renda aumentam a temperatura e irritam as mucosas.
  • Evite usar roupas apertadas no dia-a-dia. Durma com roupas soltas, e dispense as cuecas sempre que possível.
  • Procure urinar após a relação sexual. Esse hábito ajuda a evitar a cistite já que o “jacto” urinário lava a uretra, que em algumas mulheres se contamina com muita facilidade no coito.
  • Use preservativo, esse também é um bom hábito de higiene

Masculina

   A higiene íntima do homem também deve ser diária. Devemos sempre limpar e/ou lavar a zona do orifício da uretra, porque normalmente contem restos de urina.

Depois de uma relação sexual o homem deve sempre limpar o orifício da uretra porque pode conter muco feminino e restos de esperma.

  • Apesar de ser pouco romântico, após qualquer tipo de contacto sexual, deve-se lavar os genitais com água corrente, mesmo tendo usado preservativo. Usar um sabonete neutro e massajá-los levemente. Incluir a glande, o prepúcio, o corpo de pénis, região púbica, região anal e a zona perianal.
  • Há homens em que a produção e acumulação de materiais viscosos (o popular sebo do pénis), é mais exuberante. Nestes casos, a higiene deve ser feita com a frequência adequada a cada indivíduo, tantas vezes quantas forem necessárias para manter o pénis limpo.

Os pelos púbicos, do escroto, zona perianal e das virilhas, possuem uma função pouco conhecida e relegada para segundo plano: reduzir o atrito entre duas superfícies de pele que se tocam. Portanto, não se deve cortar tais pelos sob pena de ocorrer reacções locais tais como infecções, irritações e escoriações da pele. Os que assim preferirem, deve evitar corta-los com lâminas, fazendo apenas o corte dos pêlos com tesoura, deixando-os, no mínimo, com 1,5 cm de comprimento.

publicado por actiVIDAde às 10:34
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Higiene Pessoal a 9 de Outubro de 2011 às 21:03
Excelente artigo sobre higiene pessoal. Muito completo e informativo, vale a pena ler. Parabéns!
De SÔNIA a 24 de Junho de 2012 às 22:05
Trabalho com crianças, jovem e adultos especiais/APAE e seu bloog me ajudou como orientar as famílias dos mesmos mediante a higienização corporal.Obrigado (a).
De Lelis a 23 de Outubro de 2011 às 09:51
Gostei do artigo, apredi muitas que fazia de uma forma irregular agora vou apostar nas dicas e espero que os outros sigam o mesmo passa da dica.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Maio 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

.posts recentes

. Ténis

. Natação

. Ginástica

. Actividade Fisica

. Higiene Pessoal

.arquivos

. Maio 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds